sábado, 28 de abril de 2012

Sócrates e o "Parto" das ideias!.

Sócrates dizia que sua sabedoria era limitada à sua própria ignorância. Segundo ele, a verdade, escondida em cada um de nós, só é visível aos olhos da razão.
 (470-399 a.C)

 Conta-se que um dia Sócrates foi levado junto à sua mãe para ajudar em um parto complicado. Vendo sua mãe realizar o trabalho, Sócrates logo “filosofou”: Minha mãe não irá criar o bebê, apenas ajudar-lo-á a nascer e tentará diminuir a dor do parto. Ao mesmo tempo, se ela não tirar o bebê, logo ele irá morrer, e igualmente a mãe morrerá!
Sócrates concluiu então que, de certa forma, ele também era um parteiro. O conhecimento está dentro das pessoas (que são capazes de aprender por si mesmas). Porém, eu posso ajudar no nascimento deste conhecimento. Concluiu ele. Por isso, até hoje os ensinamentos de Sócrates são conhecidos por maiêutica (que significa parteira em grego).
O mais importante era saber o que é bom, o que é certo, o que é justo. Estabelecer um conhecimento que ajudasse  o ser humano a ter uma conduta correta.
Método Sócratico: Perambulava por Atenas questionando sobre moralidade e política. A cada resporta, fazia novas perguntas.
-as pessoas aprimorovam a suas respostas iniciais ou descartá-las.
-estimulava a discussão.
-definia como um "Parto das Ideias" (parteiro de ideias).
*tornou-se uma pessoa mal-vista por ensinar a questionar tudo.
*foi preso por corrupção da juventude e por questionar os deuses da cidade.
*foi condenado a morrer por envenenamento bebendo cicuta.
#antes de ser condenado, teve a oportunidade de negar seus ensinamentos.
* somente perguntas a fazer.
"O ser humano deve preservar sua integridade acima de tudo. A verdadeira catástrofe consiste na corrupção da alma, é melhor sofrer uma injustiça do que cometê-la."

3 comentários: