sábado, 22 de setembro de 2012

Princípios da lógica


Para compreender as relações que se estabelecem entre as proposições, foram definidos os primeiros princípios da lógica, assim chamados por serem anteriores a qualquer raciocínio e servirem de base a todos os argumentos. Por serem princípios, são de conhecimento imediato e, portanto, indemonstráveis.
Geralmente distinguem-se três princípios: o de identidade, o de não contradição e o do terceiro excluído.
      ·        Segundo o princípio de identidade, se um enunciado é verdadeiro, então ele é verdadeiro.
      ·        O princípio de não contradição – que alguns denominam simplesmente principio de contradição – afirma que não é o caso de um enunciado e de sua negação. Portanto, duas proposições contraditórias não podem ser ambas verdadeiras: se for verdadeiro que “alguns seres humanos não são justos”, é falso que “todos os seres humanos são justos”.
      ·        O principio do terceiro excluído – ás vezes chamado principio do meio excluído – afirma que nenhum enunciado é verdadeiro nem falso. Ou seja, não há um terceiro valor. Como disse Aristóteles, “entre os opostos contraditórios não existe um meio”.
A essa altura da exposição, é possível perceber que as proposições podem relacionar-se por oposição e dependência.

21 comentários:

  1. Ei Keila!
    Eu não entendo muito de lógica, mas passei aqui para dizer que o blog está lindo!Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. A REALIDADE POSUI LIMITES INTRANSPONIVEIS E POR ISSO É LÓGICA!

    Deus pode fazer com que o NADA possa tudo e mesmo assim continue não sendo nada? Se o Nada pode tudo, então o nada tem poder e por isso tem qualidades, logo é alguma coisa; porem se o NADA não é nada ele não tem nenhum poder. Portanto nem tudo que eu possa dizer é possível para Deus, logo o poder de Deus não pode tudo que eu pensar, mas não há impossíveis para Deus porque ele possui todo O Poder e ele pode tudo que é possível. Só há impossíveis para os outros seres, pois não podem tudo que é possível para Deus. Se Deus não obedecesse a nenhuma regra necessária, então ele poderia realizar qualquer absurdo, seria totalmente ilógico e poderia quebrar qualquer limite da realidade, mas como nós vimos no começo existem coisas que podemos dizer e que evidentemente não podem ser concretizadas. Consequentemente Deus não pode quebrar todos os limites da realidade, mas ele possui regras necessárias e por isso possui uma lógica. Como vimos que nem todos os limites da Realidade podem ser quebrados, podemos saber que ela possui regras necessárias que tornam a Realidade lógica (Deus seja louvado!).

    Toda regra que o seu contrario coloque toda a Realidade em contradição é uma regra obedecida por toda a Realidade, pois a realidade possui limites que não podem ser quebrados e se a Realidade fosse contraditória todo limite dela poderia ser rompido. Por exemplo, tudo seria possível e tudo seria impossível, a Realidade poderia ser tudo e nada ao mesmo tempo.

    O PRINCÍPIO DA NÃO CONTRADIÇÃO.

    Como o princípio da não contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ele torna todos os outros princípios inválidos, pois se tudo pode ser negado, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira, poderia ser negado, o princípio da identidade seria falso, pois uma coisa poderia ser igual e diferente de si mesma e assim seria com os outros princípios.

    ResponderExcluir
  3. CORRIGINDO.

    A REALIDADE POSUI LIMITES INTRANSPONIVEIS E POR ISSO É LÓGICA!

    Deus pode fazer com que o NADA possa tudo e mesmo assim continue não sendo nada? Se o Nada pode tudo, então o nada tem poder e por isso tem qualidades, logo é alguma coisa; porem se o NADA não é nada ele não tem nenhum poder. Portanto nem tudo que eu possa dizer é possível para Deus, logo o poder de Deus não pode tudo que eu pensar, mas não há impossíveis para Deus porque ele possui todo O Poder e ele pode tudo que é possível. Só há impossíveis para os outros seres, pois não podem tudo que é possível para Deus. Se Deus não obedecesse a nenhuma regra necessária, então ele poderia realizar qualquer absurdo, seria totalmente ilógico e poderia quebrar qualquer limite da realidade, mas como nós vimos no começo existem coisas que podemos dizer e que evidentemente não podem ser concretizadas. Consequentemente Deus não pode quebrar todos os limites da realidade, mas ele possui regras necessárias e por isso possui uma lógica. COMO VIMOS QUE NEM TODOS OS LIMITES DA REALIDADE PODEM SER QUEBRADOS, PODEMOS SABER QUE ELA POSSUI REGRAS NECESSÁRIAS QUE TORNAM A REALIDADE LÓGICA (DEUS SEJA LOUVADO!).

    Toda regra que o seu contrario coloque toda a Realidade em contradição é uma regra obedecida por toda a Realidade, pois a realidade possui limites que não podem ser quebrados e se a Realidade fosse contraditória todo limite dela poderia ser rompido. Por exemplo, tudo seria possível e tudo seria impossível, a Realidade poderia ser tudo e nada ao mesmo tempo.

    O PRINCÍPIO DA NÃO CONTRADIÇÃO.

    Como a contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ela torna todos os princípios inválidos, pois se tudo pode ser negado, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira poderia ser negado, o princípio da identidade seria falso, pois uma coisa poderia ser igual e diferente de si mesma e assim seria com os outros princípios. Portanto o princípio da não contradição vale para toda a Realidade.

    ResponderExcluir
  4. TEXTO EM HOMENAGEM A HOMENS DE FIRME FÉ COMO ARMANDO BISPO CRUZ. (mesmo que a lógica seja universal ela pode não funcionar para ponderar sobre Deus)

    Deus pode tornar o Nada em algo sem que isso deixe de ser um nada? É evidente que isso não pode se realizar. Porem pode ser que nós é que não possamos imaginar isso acontecendo. Pode ser que nós e toda Criação siga regras inquebráveis para a Criação e para nós. Talvez seja por isso que nós, aspirantes a filósofos, só conseguimos pensar Deus como algo lógico ou ilógico e não como algo tão maravilhoso que excede o entendimento. Talvez tenha sido ele quem Criou a Lógica e por isso não está submisso a ela. Talvez Deus seja como um terceiro excluído pela Lógica, que não é nem lógico e nem ilógico, mas diferente de tudo que conhecemos ou imponderável, indefinível e sublime. Talvez ele possa Tudo e o Homem é que não pode compreender isso! Luiz Teixeira Filho.

    ResponderExcluir
  5. MUITO ALÉM DOS CÉUS DE ATENAS!

    A LÓGICA NÃO PODE PROVAR QUE NÃO É CAPAZ DE PROVAR OU QUE É CAPAZ DE PROVAR A SI MESMA.

    Eu não posso provar através da lógica que a lógica não é capaz de provar, pois minha conclusão (a lógica não é capaz de provar) negaria meu método (a lógica) e ao negar o meu método (a lógica) eu negaria minha conclusão (a lógica não é capaz de provar), pois se a lógica não é capaz de provar, então eu não posso provar que ela não pode provar. Portanto a lógica não pode negar a si mesma. Se eu tentar provar através da lógica que a lógica é capaz de provar, então eu já estarei pressupondo que a lógica é capaz de provar, pois quando eu uso a lógica para provar alguma coisa eu estou partindo do principio que ela é capaz de provar.

    EM BUSCA DE FUNDAMENTOS PARA A LÓGICA.

    Como a Lógica não pode provar a ela mesma eu busquei fundamentos ou princípios Lógicos que fossem evidentes, mas qualquer fundamento ou princípio Lógico necessita de outros para demonstra-los, então eu pensei em criar um fundamento Universal, mas este fundamento universal também precisaria ser demonstrado e como uma lógica não pode provar a si mesma esse fundamento não poderia ser provado de nenhuma maneira. Portanto tudo que conhecemos são crenças, aparências e pressuposições.

    CONTRADIÇÕES MOSTRAM QUE A REALIDADE É CONTROLADA POR ALGO ILÓGICO E POR ISSO NÃO POSUI LIMITES INTRANSPONIVEIS!

    Toda coisa finita possui infinitas partes e isso significa que um infinito pode ter fim, logo existem coisas que desobedecem ao princípio Lógico da não contradição. Se a realidade pode ser contraditória, então Todos os seus limites podem ser quebrados, pois nenhum princípio Lógico, lei ou Regra necessita ser obedecida. Por exemplo, tudo é possível e tudo é impossível, a Realidade pode ser tudo e nada ao mesmo tempo. Como a contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ela torna todos os princípios desnecessários à Realidade, pois se tudo pode ser negado e afirmado, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira pode ser falso e verdadeiro, o princípio da identidade pode ser falso e verdadeiro, pois uma coisa pode ser igual e diferente de si mesma e assim são com todos os outros princípios, leis e regras, pois todos podem ser obedecidos e desobedecidos, logo são desnecessários e Tudo é possível. Se uma parte da Realidade pode ser contraditória, ela tem poder ilimitado sobre Toda a Realidade, pois se algo é contraditório pode quebrar todos os limites da Realidade, pois não é limitado por Regras, mas pode o impossível, então a Realidade é controlada por pelo menos um poder ilimitado.

    OBS: Para provar que a Lógica funciona como norma para algo é necessário provar que ela vale para infinitos casos, mas para negar a Lógica basta demonstrar um exemplo contrário ao que ela diz.

    A LÓGICA NÃO PODE NEGAR QUE DEUS PODE O IMPOSSÍVEL.

    1º Se Deus pode Tudo, ele pode Criar uma pedra que ele não poderá levantar?

    Sim, Deus pode Criar um limite para ele mesmo, pois ele pode Tudo e por isso pode deixar de ser Onipotente. Portanto se num paradoxo Deus tiver que deixar de ser Todo poderoso e depois continuar podendo o impossível, esse paradoxo é um mal entendido, pois Deus só pode tudo enquanto tem Todo o poder! Para Todo caso em que Deus não perde a onipotência ele pode o impossível!!!

    OBS: Poder Tudo é não ser limitado por nada, nem regras, nem leis e nem Lógica. Deus só pode Tudo enquanto puder desobedecer a Toda Regra, logo ele não pode Tudo, se ele tiver que obedecer a Lógica. A Bíblia fala de características imutáveis de Deus, porem mesmo sendo possível Deus não vai abrir mão delas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente, Deus criou sim o seu limite dando nos livre arbítrio e assim, podendo Ele tudo, nao poderá interferir naquilo que busquemos fazer errado.

      Excluir
  6. SEGUNDO A HISTÓRIA NEM SEMPRE A LÓGICA EXISTIU.
    Segundo a História nem sempre a Lógica existiu. Se isso é verdade, então a Lógica não é necessária ao Pensamento Humano e nem a coisa alguma, pois antes da Lógica existir já havia o pensamento Humano e o Mundo. Portanto a Realidade não possui Regras necessárias, mas pode ser contraditória, paradoxal e Tudo é possível, pois toda Regra pode ser quebrada, pois como a lógica é uma criação Humana, nada segue princípios Lógicos, logo tudo pode ser contraditório e Toda regra Pode ser obedecida e desobedecida. Se tudo é possível na Realidade, então há, pelo menos; um poder ilimitado, que pode realizar até as coisas que são logicamente impossíveis. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas entre elas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Mesmo que um dia provassem que a lógica é necessária a Tudo, não ficaria provado que não existe um Deus que pode Tudo, que tenha existido antes da Lógica; que seja o autor dela e que não tenha poder sobre ela, pois Deus pode ser distinto de Tudo; não ser Lógico, ser misterioso e ter Criado o mundo diferente dele e mesmo assim está em toda parte, saber de Tudo e ter poder sobre Tudo. Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro, embora possua ilimitadas alternativas; pois se Deus faz escolhas, ele tem algo pelo menos semelhante a um critério e como ele conhece o futuro, ele conhece suas escolhas. Deus é Ilógico e por isso não podemos conhecer seus planos através de deduções! Existem dilemas que tentam deixar Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Enquanto Deus se mantém onipotente ele pode Tudo, ele tem poder até sobre o Nada. Você pode pensar que o Nada é um limite para Deus, dizendo que como ele não existe, ele não pode ser atingido; mas como Deus pode Tudo, ele pode trazer o Nada à existência. Outra resposta para o dilema acima é que se Deus pode Tudo, ele pode ser contraditório, por isso ele pode e não pode Criar uma pedra, que pode e não pode levantar. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. A única maneira de provar que Deus não existe é demonstrando, que não existe o Misterioso, mas demonstrar; através da metafísica, que Tudo possui Necessidade, ou seja, provar que a Necessidade é Universal e eterna; pois se algo não possui necessidades, este algo possui poder ilimitado ou é Ilógico e pode quebrar qualquer Regra Lógica, já que a Lógica não é necessária! Para provar que algo é Universal é preciso provar que existe o Universal e que não existem coisas completamente diferentes entre si e completamente diferentes do Nada. A partir da ideia de Universal, talvez seja possível deduzir que Tudo é eternamente Lógico, mas porque algo não pode ser Totalmente diferente do Ser e do Nada? Porque Tudo tem que ter algo em comum? Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Ser que pode Tudo inclusive o impossível, pode estar em Tudo e saber de Tudo! Em minha opinião, Se mais de um poder é Onipotente ou eles têm a mesma vontade ou nada aconteceria, pois como eles são Onipotentes; eles têm todo poder uns sobre os outros e por isso não podem vencer uns aos outros, pois independente da quantidade diferente ou não de oposições, Todas as partes tem Todo o poder, logo Tudo é governado por uma só Vontade ou nada aconteceria! Se Deus pode Tudo, ele pode Criar algo mais poderoso do que ele? Tudo que Deus pode Criar é uma possibilidade do seu poder, logo Deus pode Criar no Maximo algo que tenha suas mesmas possibilidades, pois nenhuma possibilidade dele é maior do que o seu Poder, pois o seu Poder possui Todas as possibilidades! Consequentemente Deus não pode Criar algo mais poderoso do que ele, pois ele pode Tudo!

    ResponderExcluir
  7. PENSAMENTOS CONTRADITÓRIOS.
    Se a Lógica fosse necessária ao pensamento humano, nós não poderíamos ter pensamentos ilógicos, mas como nós temos pensamentos Ilógicos, o nosso pensamento pode existir sem a Lógica. Um exemplo de pensamento Ilógico é o paradoxo de Zenão, pois ele afirma que Toda coisa finita possui infinitas partes e isso significa que um infinito pode ter fim e isso é ilógico, pois desobedece ao princípio Lógico da não contradição. Se a realidade pode ser contraditória, então Todos os seus limites podem ser quebrados, pois nenhum princípio Lógico, lei ou Regra necessita ser obedecida. Por exemplo, tudo é possível e tudo é impossível, a Realidade pode ser tudo e nada ao mesmo tempo. Como a contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ela torna todos os princípios desnecessários à Realidade, pois se tudo pode ser negado e afirmado, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira pode ser falso e verdadeiro, o princípio da identidade pode ser falso e verdadeiro, pois uma coisa pode ser igual e diferente de si mesma e assim são com todos os outros princípios, leis e regras, pois todos podem ser obedecidos e desobedecidos, logo são desnecessários. Portanto Todos os limites da Realidade podem ser quebrados e Tudo é possível. Se uma parte da Realidade pode ser contraditória, ela tem poder ilimitado sobre Toda a Realidade, pois como vimos, se algo é contraditório pode quebrar todos os limites da Realidade, pois não é limitado por Regras, mas pode o impossível, então a Realidade é controlada por pelo menos um poder ilimitado, que pode está em Tudo e saber de Tudo, pois pode Tudo. Como nós vimos os nossos pensamentos podem ser Ilógicos e contraditórios e por isso nos parece, que eles deveriam poder Tudo, porem são limitados e por isso existe algo que tem poder sobre eles; que os Criou e pôs limites neles. Um Poder sem Limites não pode vir de um poder limitado, pois um poder limitado obedece a regras, que não pode quebrar e por isso algo que obedece ao princípio da não contradição, não pode criar algo contraditório. Portanto o que torna possível a contradição em algum dos nossos pensamentos é Algo Onipotente, pois Aquilo que tem poder para Criar algo contraditório, não obedece a Regras e pode o Impossível. Aleluia, eu creio no Deus do Impossível!

    ResponderExcluir
  8. PENSAMENTOS CONTRADITÓRIOS.
    Se a Lógica fosse necessária ao pensamento humano, nós não poderíamos ter pensamentos ilógicos, mas como nós temos pensamentos Ilógicos, o nosso pensamento pode existir sem a Lógica. Um exemplo de pensamento Ilógico é o paradoxo de Zenão, pois ele afirma que Toda coisa finita possui infinitas partes e isso significa que um infinito pode ter fim e isso é ilógico, pois desobedece ao princípio Lógico da não contradição. Se a realidade pode ser contraditória, então Todos os seus limites podem ser quebrados, pois nenhum princípio Lógico, lei ou Regra necessitam ser obedecidos. Por exemplo, tudo é possível e tudo é impossível, a Realidade pode ser tudo e nada ao mesmo tempo. Como a contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ela torna todos os princípios desnecessários à Realidade, pois se tudo pode ser negado e afirmado, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira pode ser falso e verdadeiro, o princípio da identidade pode ser falso e verdadeiro, pois uma coisa pode ser igual e diferente de si mesma e assim são com todos os outros princípios, leis e regras, pois todos podem ser obedecidos e desobedecidos, logo são desnecessários. Portanto Todos os limites da Realidade podem ser quebrados e Tudo é possível. Se uma parte da Realidade pode ser contraditória, ela tem poder ilimitado sobre Toda a Realidade, pois como vimos, se algo é contraditório pode quebrar todos os limites da Realidade, pois não é limitado por Regras, mas pode o impossível, então a Realidade é controlada por pelo menos um poder ilimitado, que pode está em Tudo e saber de Tudo, pois pode Tudo. Como nós vimos os nossos pensamentos podem ser Ilógicos e contraditórios e por isso nos parece, que eles deveriam poder Tudo, porem são limitados e por isso existe algo que tem poder sobre eles; que os Criou e pôs limites neles. Um Poder sem Limites não pode vir de um poder limitado, pois um poder limitado obedece a regras, que não pode quebrar e por isso algo que obedece ao princípio da não contradição, não pode criar algo contraditório. Portanto o que torna possível a contradição em alguns dos nossos pensamentos é Algo Onipotente, pois Aquilo que tem poder para Criar algo contraditório, não obedece a Regras e pode o Impossível. Aleluia, eu creio no Deus do Impossível!

    ResponderExcluir
  9. PENSAMENTOS CONTRADITÓRIOS.
    Se a Lógica fosse necessária ao pensamento humano, nós não poderíamos ter pensamentos Ilógicos, mas como nós temos pensamentos Ilógicos, o nosso pensamento pode existir sem a Lógica. Um exemplo de pensamento Ilógico é o paradoxo de Zenão, pois ele afirma que Toda coisa finita possui infinitas partes e isso significa que um infinito pode ter fim e isso é Ilógico, pois desobedece ao princípio Lógico da não contradição. Se uma parte da Realidade pode ser contraditória, então essa parte da Realidade pode quebrar Todos os limites da Realidade, pois nenhum princípio Lógico, lei ou Regra necessitam ser obedecidos por essa parte da Realidade. Por exemplo, tudo é possível e tudo é impossível para ela, ela pode ser tudo e nada ao mesmo tempo. Como a contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ela torna todos os princípios desnecessários a essa parte da Realidade, pois se tudo pode ser negado e afirmado por essa parte da Realidade, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira pode ser falso e verdadeiro ao mesmo tempo, o princípio da identidade pode ser falso e verdadeiro ao mesmo tempo, pois uma coisa pode ser igual e diferente de si mesma e assim são com todos os outros princípios, leis e regras, pois todos podem ser obedecidos e desobedecidos por essa parte da Realidade, logo são desnecessários a ela. Portanto Todos os limites da Realidade podem ser quebrados e Tudo é possível para algo que pode ser contraditório. Portanto essa parte da Realidade tem poder ilimitado sobre Todo o resto da Realidade, pois a Realidade é controlada por pelo menos um poder ilimitado, que pode está em Tudo e saber de Tudo, pois pode Tudo. Porque como nós vimos os nossos pensamentos podem ser Ilógicos e contraditórios. Porem como eles são limitados existe algo que tem poder sobre eles; que os Criou e pôs limites neles. Um Poder sem Limites não pode vir de um poder limitado, pois um poder limitado obedece a regras, que não pode quebrar e por isso algo que obedece ao princípio da não contradição, não pode criar algo contraditório. Portanto o que torna possível a contradição em alguns dos nossos pensamentos é Algo Onipotente, pois Aquilo que tem poder para Criar algo contraditório, não obedece a Regras e pode o Impossível. Aleluia, eu creio no Deus do Impossível!

    ResponderExcluir
  10. PENSAMENTOS CONTRADITÓRIOS E A LÓGICA.
    Se a Lógica fosse necessária ao pensamento humano, nós não poderíamos ter pensamentos Ilógicos, mas como nós temos pensamentos Ilógicos, o nosso pensamento pode existir sem a Lógica. Um exemplo de pensamento Ilógico é o paradoxo de Zenão, pois ele afirma que Toda coisa finita possui infinitas partes e isso significa que um infinito pode ter fim e isso é Ilógico, pois desobedece ao princípio Lógico da não contradição. Se uma parte da Realidade pode ser contraditória, então essa parte da Realidade pode quebrar Todos os limites da Realidade, pois nenhum princípio Lógico, lei ou Regra necessitam ser obedecidos por essa parte da Realidade. Por exemplo, tudo que é impossível para ela é possível para ela e tudo que é possível para ela também é impossível para ela, logo o que ela realiza é possível e impossível e não há nada que ela não consiga realizar. Por isso ela pode ser tudo e nada ao mesmo tempo. Como a contradição nega e afirma ao mesmo tempo, ela torna todos os princípios desnecessários a essa parte da Realidade, pois se tudo pode ser negado e afirmado por essa parte da Realidade, então o princípio do terceiro excluído que diz que uma sentença só é falsa ou verdadeira pode ser falso e verdadeiro ao mesmo tempo, o princípio da identidade pode ser falso e verdadeiro ao mesmo tempo, pois uma coisa pode ser igual e diferente de si mesma e assim são com todos os outros princípios, leis e regras, pois todos podem ser obedecidos e desobedecidos por essa parte da Realidade, logo são desnecessários a ela. Portanto Todos os limites da Realidade podem ser quebrados e Tudo é possível para algo que pode gerar uma contradição. Portanto essa parte da Realidade tem poder ilimitado sobre Todo o resto da Realidade, pois a Realidade é controlada por pelo menos um poder ilimitado, que pode está em Tudo e saber de Tudo, pois pode Tudo. Porque como nós vimos os nossos pensamentos podem ser Ilógicos e contraditórios. Porem como eles são limitados existe algo que tem poder sobre eles; que os Criou e pôs limites neles. Portanto o que torna possível a contradição em alguns dos nossos pensamentos é Algo Onipotente, pois Aquilo que tem poder para Criar algo contraditório, não obedece a Regras e pode o Impossível. Aleluia, eu creio no Deus do Impossível!

    ResponderExcluir
  11. SEGUNDO A HISTÓRIA NEM SEMPRE A LÓGICA EXISTIU.

    Segundo a História nem sempre a Lógica existiu. Se isso é verdade, então a Lógica foi criada empiricamente e por isso as lógicas são apenas teorias e não podem ser comprovadas Cientificamente, pois é impossível demonstrar através de experimentos que uma teoria funciona para infinitos casos e por isso não é possível garantir que um evento sempre vai se repetir da mesma forma, logo não é possível comprovar que um princípio Lógico é necessário a nenhuma realidade. Consequentemente é impossível provar qualquer coisa através da Lógica e não existe Razão pura.

    O IMPOSSÍVEL NÃO EXISTE

    Se só acontece o que é possível, só existe o que é possível. Portanto o impossível não existe, mas tudo é possível. Porem se existisse o impossível, então o impossível também aconteceria e por isso ele seria possível, logo Tudo é possível e não existe o impossível! Para que nada seja impossível tem que Haver algo que Tenha Todo o Poder, pois se o Poder fosse dividido entre duas ou mais coisas, elas se limitarão entre si e por isso haveria impossíveis!

    ResponderExcluir
  12. O IMPOSSÍVEL NÃO EXISTE.

    No Nada não há possibilidades e por isso é impossível que algo venha dele, logo só vem à existência aquilo que pode ser criado. Só pode ser criado àquilo que pode ser gerado por um poder, logo Tudo que foi criado veio depois do Poder. Consequentemente o Poder não foi criado. Porque antes do Poder Tudo seria impossível. De acordo com o que foi dito Tudo que acontece é possível e só vem à existência aquilo que é possível ou o impossível seria possível. Como Tudo que acontece é possível não é possível nem pensar em algo impossível e por isso não existe o impossível, mas Todo pensamento é uma possibilidade. Se tudo é possível não pode haver limites para o Poder, logo tem que haver pelo menos um Deus que pode Tudo ou o Poder teria limites e nem Tudo seria possível. Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Deus que pode Tudo pode estar em Tudo e saber de Tudo! Se mais de um Deus é Onipotente ou eles têm a mesma vontade ou nada aconteceria, pois como eles são Onipotentes, eles têm todo poder uns sobre os outros e por isso não podem vencer uns aos outros; pois independente da quantidade diferente ou não de oposições entre eles, Todas as partes tem Todo o poder, ou seja; todas as oposições têm o mesmo Grau de poder, logo Tudo é governado por uma só Vontade ou nada aconteceria! Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro, embora possua ilimitadas alternativas; pois se Deus faz escolhas, ele tem algo pelo menos semelhante a um critério e como ele conhece o futuro, ele conhece suas escolhas. Existem dilemas que tentam deixar a crença em Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Mas enquanto Deus se mantém onipotente ele pode Tudo. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. Como Deus pode Tudo não existem limites para Ele, mas Ele pode quebrar todas as Regras, Leis e Lógicas. Por isso Ele É Ilógico. Como Deus É Ilógico não há como deduzir os seus Planos. Como Deus é Ilógico Ele pode ser contraditório. Por isso Ele pode vir a ser limitado, passando a haver algo impossível para Ele e ao mesmo tempo Tudo ser possível para Ele.

    ResponderExcluir
  13. MINHA MENTE E A REALIDADE

    Só é necessário a minha mente o que é necessário a Realidade, pois minha mente faz parte da realidade. A Lógica não é necessária a minha mente, pois posso ter pensamentos ilógicos, logo a Lógica também não é necessária à realidade. Portanto a realidade é ilógica e por isso não há limites para ela. Como a realidade não tem limites existe pelo menos uma causa que possui poderes ilimitados ou Toda a Realidade seria formada de causas limitadas e juntas essas causas resultariam em um Todo limitado. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Se mais de uma causa é Onipotente ou elas têm a mesma vontade ou nada aconteceria, pois como elas são Onipotentes, elas têm Todo poder umas sobre as outras e por isso não podem vencer umas as outras; pois Todos os tipos de oposições possíveis entre elas têm o mesmo Grau de poder, logo só há uma Vontade Soberana!

    ResponderExcluir
  14. MINHA MENTE E A REALIDADE (Corrigido)

    A minha mente faz parte da realidade, por isso o que não é necessário à minha mente também não é necessário à Realidade. A Lógica não é necessária à minha mente, pois eu posso ter pensamentos ilógicos, logo a Lógica também não é necessária à realidade. Portanto a realidade é ilógica e por isso não há limites para ela. Como a realidade não tem limites existe pelo menos uma causa que possui poderes ilimitados ou tudo na Realidade seria limitado. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Se mais de uma causa é Onipotente ou elas têm a mesma vontade ou nada aconteceria, pois como elas são Onipotentes, elas têm Todo poder umas sobre as outras e por isso não podem vencer umas as outras; pois Todos os tipos de oposições possíveis entre elas têm o mesmo Grau de poder, logo só há uma Vontade Soberana!

    ResponderExcluir
  15. MINHA MENTE IMPLICA NO ONIPOTENTE.
    1º PARTE:
    Como paradoxos e contradições são possíveis em minha mente, o Princípio da não contradição não é necessário aos meus pensamentos. Um exemplo de paradoxo é o de Zenão, que afirma que se eu tentar atravessar uma ponte andando apenas a metade e sempre a metade do que restar eu nunca chegarei ao fim da ponte, pois ela tem infinitas metades e isso significa que o fim dela também é o fim de infinitas posições. Se o Princípio da não contradição não é necessário aos meus pensamentos tudo em meu pensamento pode ser paradoxal e contraditório, então toda Regra; Lei e Lógica podem ser afirmadas e negadas ao mesmo tempo. Isso demonstra que todo tipo de regra é desnecessária aquilo que possibilita minha mente de ter pensamentos paradoxais e contraditórios, pois o que torna o paradoxo e contradição possíveis pode ultrapassar qualquer limite, pois não é limitado por regras, mas pode tornar toda Regra desnecessária; colocando todas elas em contradição. Por exemplo, se tudo é igual e também diferente de si mesmo, então não é necessário que Tudo seja igual a si mesmo. A minha mente tem pensamentos paradoxais e contraditórios, mas ela é limitada, logo não é ela que possibilita esses pensamentos; mas aquilo que possibilita o paradoxo e a contradição em minha mente é algo Onipotente, pois não é limitado por Regras, mas pode Tudo. Os paradoxos e as contradições existem em meus pensamentos e os meus pensamentos existem na Realidade, logo os paradoxos e as contradições existem na Realidade. Consequentemente existe algo que pode Tudo, pois aquilo que possibilita que um paradoxo e uma contradição se tornem Reais pode desobedecer qualquer Regra e ultrapassar qualquer limite. Por exemplo, o que torna o paradoxo e a contradição possíveis pode fazer com que Tudo seja possível e com que Tudo seja impossível. Em outras palavras a Causa do paradoxo e da contradição, pode ter todo o poder e pode perder todo o poder.
    2º PARTE:
    Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade e por isso há pelo menos um Deus. Se mais de um Deus é Onipotente ou eles têm a mesma vontade ou nada aconteceria, pois como eles são Onipotentes, eles têm Todo poder uns sobre os outros e por isso não podem vencer uns aos outros; pois Todos os tipos de oposições possíveis entre eles têm o mesmo Grau de poder, logo só há uma Vontade Soberana e mesmo que haja mais de um Deus Eles Governam como Um só! Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Deus que pode Tudo pode estar em Tudo e saber de Tudo! Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro, pois pode saber de todas as possibilidades e de todas as suas escolhas. Existem dilemas que tentam deixar a crença em Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Mas enquanto Deus se mantém Onipotente ele pode Tudo. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. Como Deus pode Tudo não existem limites para Ele, mas Ele pode quebrar todas as Regras, Leis e Lógicas. Portanto Deus pode Ser Ilógico e por isso não há como deduzir os seus Planos. Se a Criação fosse necessariamente Lógica o Homem necessitaria da Lógica para pensar e por isso ele nunca chegaria a uma conclusão ilógica sobre nada. E mesmo que alguém provasse que Tudo é Lógico desde a eternidade, isso não seria uma prova final, pois como saber se Deus não antecedeu a Criação e fez ela de forma Lógica? Porque se Deus é anterior à Lógica ele não necessita dela e tem poder sobre ela, pois como Ele não necessita dela nada é impossível para Ele ou Ele não É limitado por Princípios Lógicos.

    ResponderExcluir
  16. MINHA MENTE IMPLICA NO ONIPOTENTE. (Leiam)

    Como paradoxos e contradições são possíveis em minha mente, o Princípio da não contradição não é necessário aos meus pensamentos. Um exemplo de paradoxo é o de Zenão, que afirma que se eu tentar atravessar uma ponte andando apenas a metade e sempre a metade do que restar eu nunca chegarei ao fim da ponte, pois ela tem infinitas metades e isso significa que o fim dela também é o fim de infinitas posições. Se o Princípio da não contradição não é necessário aos meus pensamentos tudo em meu pensamento pode ser paradoxal e contraditório. Portanto toda Regra; Lei e Lógica podem ser afirmadas e negadas ao mesmo tempo em meu pensamento. Isso demonstra que todo tipo de regra é desnecessária a minha mente, pois toda Regra pode ter exceção. Por exemplo, se tudo é igual e diferente de si mesmo, então não é necessário que Tudo seja igual a si mesmo, como diz o Princípio da identidade. O mesmo Raciocínio serve para todos os outros Princípios Lógicos, Leis e Regras. Aquilo que possibilita minha mente de ter pensamentos paradoxais e contraditórios pode Tudo, pois não é limitado por Regras, mas pode tornar toda Regra desnecessária. A minha mente tem pensamentos paradoxais e contraditórios, mas é limitada, logo não é ela que possibilita esses pensamentos. Os paradoxos e as contradições existem em meus pensamentos e os meus pensamentos existem na Realidade, logo os paradoxos e as contradições existem na Realidade. Consequentemente existe algo que pode Tudo, pois aquilo que possibilita que um paradoxo e que uma contradição se tornem Reais pode desobedecer qualquer Regra e ultrapassar qualquer limite. Por exemplo, o que torna o paradoxo e a contradição possíveis pode fazer com que Tudo seja possível e com que Tudo seja impossível. Em outras palavras a Causa do paradoxo e da contradição, pode ter todo o poder e pode perder todo o poder. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade e por isso há pelo menos um Deus. Se mais de um Deus é Onipotente ou eles têm a mesma vontade ou nada aconteceria, pois como eles são Onipotentes, eles têm Todo poder uns sobre os outros e por isso não podem vencer uns aos outros; pois Todos os tipos de oposições possíveis entre eles têm o mesmo Grau de poder, logo só há uma Vontade Soberana e mesmo que haja mais de um Deus Eles Governam como Um só! Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Deus que pode Tudo pode estar em Tudo e saber de Tudo! Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro, pois pode saber de todas as possibilidades e de todas as suas escolhas. Existem dilemas que tentam deixar a crença em Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Mas enquanto Deus se mantém Onipotente ele pode Tudo. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. Como Deus pode Tudo não existem limites para Ele, mas Ele pode quebrar todas as Regras, Leis e Lógicas. Portanto Deus pode Ser Ilógico e por isso não há como deduzir os seus Planos. Se a Criação fosse necessariamente Lógica o Homem necessitaria da Lógica para pensar e por isso ele nunca chegaria a uma conclusão ilógica sobre nada. E mesmo que alguém provasse que Tudo é Lógico desde a eternidade, isso não seria uma prova final, pois como saber se Deus não antecedeu a Criação e fez ela de forma Lógica? Porque se Deus é anterior à Lógica ele não necessita dela e tem poder sobre ela, pois como Ele não necessita dela nada é impossível para Ele ou Ele não É limitado por Princípios Lógicos.

    ResponderExcluir
  17. SUA MENTE IMPLICA NO ONIPOTENTE. (Leia)

    Eu posso pensar em um paradoxo como o fato de uma medida finita conter infinitas medidas e que por isso o fim dessas medidas é o fim de infinitas medidas. Como o paradoxo é possível em meus pensamentos e ele vai contra todos os Princípios Lógicos, Toda Regra pode ser desobedecida. Como por exemplo, o que está escrito acima que o infinito é finito. Isso significa que algo pode ser falso é verdadeiro ao mesmo tempo, ou seja, que é verdade que o infinito é infinito e é falso que o infinito é infinito, pois é finito (Terceiro excluído); que uma coisa é diferente de si mesma, ou seja, que o infinito é finito (Identidade); que uma coisa é e não é algo ao mesmo tempo, ou seja, que o finito é finito e não é finito (Contradição). Como no Paradoxo Tudo é e não é ao mesmo tempo, Toda Regra, Lei e Princípio Lógico podem ser obedecidos e desobedecidos. Isso demonstra que todo tipo de regra é desnecessária a minha mente, pois toda Regra pode ser desobedecida. Por exemplo; se tudo é igual, mas também diferente de si mesmo, então não é necessário que Tudo seja igual a si mesmo; como afirma o Princípio da identidade. Aquilo que possibilita minha mente de ter pensamentos paradoxais pode Tudo, pois não é limitado por Regras, mas pode quebrar Toda Regra. A minha mente tem pensamentos paradoxais, mas é limitada, logo não é ela que possibilita esses pensamentos, pois o que possibilita esses pensamentos é ilimitado em poder. Consequentemente existe algo que pode Tudo, pois aquilo que possibilita que um paradoxo se torne Real pode desobedecer qualquer Regra e ultrapassar qualquer limite, pois pode Tudo. Por exemplo, o que torna o paradoxo e a contradição possíveis pode fazer com que Tudo seja possível e com que Tudo seja impossível. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Se algo pode Tudo então possui um poder ilimitado. Portanto não existe um poder que isto não tenha, logo não pode existir mais de uma coisa com poderes ilimitados, pois se duas coisas são distintas o poder que uma tem não pertence à outra, logo só há um Deus que pode Tudo. Isso é o que o meu raciocínio lógico tenta demonstrar, mas como foi dito no começo deste texto, Toda Regra, Lei e Princípio Lógico podem ser obedecidos e desobedecidos e por isso são desnecessários, logo a realidade pode ser Ilógica. Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Deus que pode Tudo pode estar em Tudo e saber de Tudo! Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro se quiser. Existem dilemas que tentam deixar a crença em Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Mas enquanto Deus se mantém Onipotente ele pode Tudo. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. Como Deus pode Tudo não existem limites para Ele, mas Ele pode quebrar todas as Regras, Leis e Lógicas. Portanto Deus não é obrigado a obedecer a Lógica e por isso não há como deduzir os seus Planos. Se a Criação fosse necessariamente Lógica o Homem necessitaria da Lógica para pensar e por isso ele nunca chegaria a uma conclusão ilógica sobre nada. E mesmo que alguém provasse que Tudo é Lógico desde a eternidade, isso não seria uma prova final, pois como saber se Deus não antecedeu a Criação e fez ela de forma Lógica? Porque se Deus é anterior à Lógica ele não necessita dela e tem poder sobre ela, pois como Ele não necessita dela, então nada é impossível para Ele ou Ele não É limitado por Princípios Lógicos.

    ResponderExcluir
  18. SUA MENTE IMPLICA NO ONIPOTENTE. (Leia)

    Eu posso pensar em um paradoxo como o fato de uma medida finita conter infinitas medidas e que por isso o fim dessas medidas é o fim de infinitas medidas. Como o paradoxo é possível em meus pensamentos e ele vai contra todos os Princípios Lógicos, Toda Regra pode ser desobedecida. Como por exemplo, o que está escrito acima que o infinito é finito. Isso significa que algo pode ser falso é verdadeiro ao mesmo tempo, ou seja, que é verdade que o infinito é infinito e é falso que o infinito é infinito, pois é finito (Terceiro excluído); que uma coisa é diferente de si mesma, ou seja, que o infinito é finito (Identidade); que uma coisa é e não é algo ao mesmo tempo, ou seja, que o finito é finito e não é finito (Contradição). Como no Paradoxo Tudo é e não é ao mesmo tempo, Toda Regra, Lei e Princípio Lógico podem ser obedecidos e desobedecidos. Isso demonstra que todo tipo de regra é desnecessária aquilo que torna possível o paradoxo em minha mente, pois toda Regra pode ser desobedecida. Por exemplo; se tudo é igual, mas também diferente de si mesmo, então não é necessário que Tudo seja igual a si mesmo; como afirma o Princípio da identidade. Aquilo que possibilita minha mente de ter pensamentos paradoxais pode Tudo, pois não é limitado por Regras, mas pode quebrar Toda Regra. A minha mente tem pensamentos paradoxais, mas é limitada, logo não é ela que possibilita esses pensamentos, pois o que possibilita esses pensamentos é ilimitado em poder. Consequentemente existe algo que pode Tudo, pois aquilo que possibilita que um paradoxo se torne Real pode desobedecer qualquer Regra e ultrapassar qualquer limite, pois pode Tudo. Por exemplo, o que torna o paradoxo e a contradição possíveis pode fazer com que Tudo seja possível e com que Tudo seja impossível. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Se algo pode Tudo então possui um poder ilimitado. Portanto não existe um poder que isto não tenha, logo não pode existir mais de uma coisa com poderes ilimitados, pois se duas coisas são distintas o poder que uma tem não pertence à outra, logo só há um Deus que pode Tudo. Isso é o que o meu raciocínio lógico tenta demonstrar, mas como foi dito no começo deste texto, Toda Regra, Lei e Princípio Lógico podem ser obedecidos e desobedecidos e por isso são desnecessários, logo a realidade pode ser Ilógica. Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Deus que pode Tudo pode estar em Tudo e saber de Tudo! Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro se quiser. Existem dilemas que tentam deixar a crença em Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Mas enquanto Deus se mantém Onipotente ele pode Tudo. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. Como Deus pode Tudo não existem limites para Ele, mas Ele pode quebrar todas as Regras, Leis e Lógicas. Portanto Deus não é obrigado a obedecer a Lógica e por isso não há como deduzir os seus Planos. Se a Criação fosse necessariamente Lógica o Homem necessitaria da Lógica para pensar e por isso ele nunca chegaria a uma conclusão ilógica sobre nada. E mesmo que alguém provasse que Tudo é Lógico desde a eternidade, isso não seria uma prova final, pois como saber se Deus não antecedeu a Criação e fez ela de forma Lógica? Porque se Deus é anterior à Lógica ele não necessita dela e tem poder sobre ela, pois como Ele não necessita dela, então nada é impossível para Ele ou Ele não É limitado por Princípios Lógicos.

    ResponderExcluir
  19. ENOQUE, SUA MENTE IMPLICA NO ONIPOTENTE. (Leia)

    Eu posso pensar em um paradoxo como o fato de uma medida finita conter infinitas medidas e que por isso o fim dessas medidas é o fim de infinitas medidas. Como o paradoxo é possível em meus pensamentos e ele vai contra todos os Princípios Lógicos, Toda Regra pode ser desobedecida. Como por exemplo, o que está escrito acima que o infinito é finito. Isso significa que algo pode ser falso é verdadeiro ao mesmo tempo, ou seja, que é verdade que o infinito é finito e é falso que o infinito é finito, pois é infinito (Terceiro excluído); que uma coisa é diferente de si mesma, ou seja, que o infinito é finito (Identidade); que uma coisa é e não é algo ao mesmo tempo, ou seja, que o finito é finito e não é finito, pois é infinito (Contradição). Como no Paradoxo Tudo é e não é ao mesmo tempo, Toda Regra, Lei e Princípio Lógico podem ser obedecidos e desobedecidos. Isso demonstra que todo tipo de regra é desnecessária aquilo que torna possível o paradoxo em minha mente, pois toda Regra pode ser desobedecida. Por exemplo; se tudo é igual, mas também diferente de si mesmo, então não é necessário que Tudo seja igual a si mesmo; como afirma o Princípio da identidade. Aquilo que possibilita minha mente de ter pensamentos paradoxais pode Tudo, pois não é limitado por Regras, mas pode quebrar Toda Regra. A minha mente tem pensamentos paradoxais, mas é limitada, logo não é ela que possibilita esses pensamentos, pois o que possibilita esses pensamentos é ilimitado em poder. Consequentemente existe algo que pode Tudo, pois aquilo que possibilita que um paradoxo se torne Real pode desobedecer qualquer Regra e ultrapassar qualquer limite, pois pode Tudo. Por exemplo, o que torna o paradoxo possível pode fazer com que Tudo seja possível e com que Tudo seja impossível, pois num paradoxo ele pode o que não pode e não pode o que pode. E numa contradição, aquilo que torna possível um paradoxo, também pode Tudo e não pode Tudo, não pode nada e pode algo. Um poder ilimitado tem ilimitadas alternativas e por isso faz escolhas, logo possui algo pelo menos parecido com uma vontade. Se algo pode Tudo então possui um poder ilimitado. Portanto não existe um poder que isto não tenha, logo não pode existir mais de uma coisa com poderes ilimitados, pois se duas coisas são distintas o poder que uma tem não pertence à outra, logo só há um Deus que pode Tudo. Isso é o que o meu raciocínio lógico tenta demonstrar, mas como foi dito no começo deste texto, Toda Regra, Lei e Princípio Lógico podem ser obedecidos e desobedecidos e por isso são desnecessários, logo a realidade pode ser Ilógica. Somente a partir da ideia de Onipotência é possível pensar de forma Universal, pois um Deus que pode Tudo pode estar em Tudo e saber de Tudo! Se Deus pode Tudo, então ele pode saber de Todo Futuro se quiser. Existem dilemas que tentam deixar a crença em Deus sem saída, como aquela pergunta: Deus pode criar uma pedra que ele não possa levantar? A resposta é sim, pois se Deus pode tudo, então ele pode Criar um limite para ele mesmo. Mas enquanto Deus se mantém Onipotente ele pode Tudo. A Bíblia diz que Deus tem características eternas, mas isso em nada contraria a Onipotência, pois embora Deus possa Tudo, ele não é obrigado a mudar Tudo. Como Deus pode Tudo não existem limites para Ele, mas Ele pode quebrar todas as Regras, Leis e Lógicas. Portanto Deus não é obrigado a obedecer a Lógica e por isso não há como deduzir os seus Planos. Se a Criação fosse necessariamente Lógica o Homem necessitaria da Lógica para pensar e por isso ele nunca chegaria a uma conclusão ilógica sobre nada. E mesmo que alguém provasse que Tudo é Lógico desde a eternidade, isso não seria uma prova final, pois como saber se Deus não antecedeu a Criação e fez ela de forma Lógica? Porque se Deus é anterior à Lógica ele não necessita dela e tem poder sobre ela, pois como Ele não necessita dela, então nada é impossível para Ele ou Ele não É limitado por Princípios Lógicos.

    ResponderExcluir
  20. caralhos para a lógica

    ResponderExcluir